Henry David Thoreau (1817 – 1862)

As coisas não mudam, nós é que mudamos.

“Um povo, tanto quanto um indivíduo, deve fazer justiça, custe o que custar.” [Thoreau]

“Deve o cidadão por um momento sequer, renunciar a sua consciência em favor do legislador?” [Thoreau]

        Filósofo nascido em Concord nos EUA; aprendeu a respeitar a natureza com o trabalho no campo. Estudou literatura e fundou com seu irmão uma escola que não obteve sucesso, pois envolvia disciplinas de contato com a natureza e a suspensão de castigos físicos. Abdicou-se da vida na cidade e foi morar na floresta onde se tornou autossuficiente. Voltou a cidade após devolver a propriedade onde morava para seu dono, morreu de tuberculose aos 45 anos.

Henry preferiu não se dedicar ao estudo da religião ou espiritualismo com o argumento de que se deve levar uma vida de cada vez. Descreveu seu retiro ao campo como o desejo por uma vida de liberdade e em comum acordo com a essência da existência; neste período escreveu o Livro “Walden ou Vida nos Bosques” que se tornou uma referência sobre o respeito a natureza e ecologia. Insubmisso e incontestável parou de pagar seus impostos com a alegação de que não achava correto dar dinheiro a um país escravocrata e que vivia em guerra; por esta atitude unilateral foi preso enquanto ia a um sapateiro, passou a noite na cadeia, pagou fiança e ao sair foi direto ao comerciante terminar o que estava fazendo no dia anterior, ou seja, pagou sua dívida pelo serviço prestado.

De sua noite na cadeia surgiu à ideia de criar a obra “Ensaio sobre a Desobediência”, nela afirmou que partidos políticos não eram imparciais e não defendiam as crenças morais do povo, as leis por eles criadas suprimiam a liberdade do Homem ao invés de protegê-las; para solucionar o problema sugeriu o protesto em massa e a desobediência as leis injustas, afirmou que novas leis só são criadas porque demos credibilidades a leis anteriores. Defendeu portanto, o direito do cidadão de não cooperação e resistência não violenta contra qualquer governo insatisfatório; foi criticado por grande parte de seus colegas que viam apenas na revolução uma solução para a mudança necessária.

Henry deixou uma grande mensagem para a sociedade da sua época, contudo ela foi esquecida, para não dizer colocada em um plano secundário em detrimento de outros pensamentos. Uma convivência em harmonia com a natureza é essencial para qualquer espécie do planeta, todos animais possui um ciclo de vida não agressivo à exceção do Homem. Crescemos cada vez mais em centros urbanos, onde o aço, o plástico e o concreto é o material mais presente, como vamos aprender a conviver com a natureza se ela não existe? Quantas escolas ensinam as crianças a lhe dar com a terra, ou a cuidar de pessoas ou animais? 


        O Homem também é resultado de sua criação, que hoje é voltada para a competição e o sucesso financeiro; a quantidade de pais que incentivam os filhos a estudarem com o objetivo de trazer novas soluções para melhorar o mundo se comparado aos que vêm na escola o caminho para o sucesso financeiro e profissional é mínima. Seu ensaio sobre a desobediência influenciou Gandhi e Martin Luther King, e apesar de ter mostrado sucesso em alguns casos, não foi capaz de reverter o poder e domínio do estado sobre seu povo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s