Galeno de Pérgamo (129 – 201)

Os quatro temperamentos da personalidade.

“Cura melhor, quem tem a confiança do paciente.” [Galeno]

“Aquele que estima mais a riqueza que a virtude, e que aprende para acumular riqueza e não para o bem da humanidade não merece figurar dentre os que exercem a medicina.” [Galeno]

        Nascido em Bérgamo na Turquia, foi um dos principais médicos romanos e um grande conhecedor da medicina. Tendo escrito mais de 500 obras, bem como o primeiro a detalhar, mesmo que equivocadamente, a anatomia humana. Também se aventurou na filosofia do comportamento humano buscando o entendimento e relação ente corpo e mente.
       

        Influenciado pelo Humorismo grego, cujos 4 elementos terra, fogo, ar e água formavam a essência de todas as substâncias, incluindo os fluídos corporais ou Humor. Galeno definiu o Homem como portador de 4 temperamentos; o sanguíneo é aquele afetuoso e otimista que pode se mostrar egoísta; o fleumático é aquele racional, coerente que pode se mostrar lento e tímido;  o colérico é aquele energético e apaixonado que pode se mostrar impetuoso e irritado; enquanto o melancólico é aquele triste e deprimido que pode se mostrar artístico e poético.

        Segundo Galeno, um temperamento se sobressaia devido a um desequilíbrio de substâncias (humor) do indivíduo; contudo nada impedia a possibilidade de trazer o equilíbrio de volta através da dieta e de exercícios, em casos extremos poderia se fazer necessária operações de sangria e até purgações. 

        Os trabalhos de Galeno foram utilizados amplamente por mais de 1300 anos, até que um médico italiano conseguiu mostrar muitos de seus equívocos; mesmo contendo erros, suas obras influenciaram diversos estudiosos da área, entre elas a percepção de que doenças mentais e físicas possuem conexão e podem ser tratadas em conjunto.

        Apesar de métodos rústicos para os dias atuais, a medicina de Galeno foi de grande benefício para o povo de sua época, e com certeza trouxe grande influência. São muitas ainda, as frentes da psicologia que buscam classificar o comportamento dos indivíduos em coincidentemente 4 grandes grupos, além de terapias que buscam um equilíbrio através da alimentação, arte ou exercício físico. 

        Hoje é notável que a iniciativa de Galeno no entendimento da mente humana fora limitada, o autor optou por focar no perceptível e no tratável, colocando as causas e raízes em modelos fisiológicos simplificados – como por exemplo o que possui muito sangue teria o temperamento sanguíneo. Talvez um dia seja provado que a mente humana é apenas um órgão que responde sistematicamente a estímulos químicos e fisiológicos, até este dia o sabemos que a mente se trata de algo complexo e em constante adaptação, cujas percepções se alteram frequentemente por influências internas ou externas ao próprio indivíduo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s