O Valor dos Times

Ninguém tem mais capacidade que Nós.

“Se você tem apenas um martelo, tende a ver todo problema como um prego.” [Abraham Maslow]

PhD em psicologia, Abraham Maslow se concentrou em estudar a capacidade e relacionamento humano ao invés de doenças e suas possíveis curas. Criou o conceito de auto realização e definiu uma pirâmide de necessidades humanas que é ainda utilizada mais de 50 anos depois.


Apesar de sempre criticado, a rotina e o hábito trazem uma estabilidade necessária para uma vida sem stress e se o excesso de ansiedade; o trabalho em grupo é capaz de trazer à rotina e ao hábito uma sensação de segurança e pertencimento que permitem ao colaborador concentrar seus talentos e esforços em soluções mais efetivas. O trabalho em grupo tem como vantagem não apenas sua capacidade de gerar novas ideias através da colisão de diferentes premissas, mas também prover o suporte psicológico necessário que permite ao indivíduo alçar voos maiores sem carregar consigo o medo da humilhação.

Para facilitar a interação e trabalho em grupo, as empresas mudaram seus layouts de salas independentes para baias onde colaboradores com afinidade trabalhem em conjunto e com fácil acesso uns aos outros, ao mesmo tempo em que permitem uma sensação de isolação e foco sem a interrupção desnecessária. As principais organizações buscam montar um ambiente e infraestrutura de trabalho que eleve ao máximo a capacidade do time, e é responsabilidade do líder criar o ambiente de cooperação e estímulo que leve um grupo de pessoas a realmente agir e concentrar esforços em um objetivo comum.

Pesquisas realizadas pela Xerox em 2013 apontaram que o sucesso de projetos estão mais fortemente relacionados a capacidade de trabalho em equipe do que uma liderança boa e efetiva; mais precisamente 42% dos empreendimentos de sucesso desfrutou de um forte trabalho em grupo e em apenas 10% dos casos a liderança ocupou papel de destaque.

Em um mundo onde erros resultam em perdas financeiras e na perda de tempo por ter despendido tempo e energia em uma direção indevida, é comum uma cobrança ávida e rígida por parte da organização; também comum é perceber líderes que se colocam na linha de frente deste tiroteio para proteger sua equipe criando um ambiente seguro e confiável. Contudo, uma sensação de pertencimento não é suficiente para criar times de alto desempenho.

O esporte tem muito a nos ensinar, a sensação de comunidade e pertencimento é facilmente estabelecida, assim como a submissão a direção e ao treinador da equipe, tudo isso mesmo quando existe troca em parte expressiva do elenco. Segundo Focault, para criar esta sensação de comunidade onde existe um Nós, é necessário antes tornar explícito quem são Eles. Esta separação é facilmente estabelecida no mundo do esporte, onde os adversários são explícitos e existe um combate direto, contudo não é tão fácil de transparecer em organizações, que muitas vezes criam esta segregação entre pessoas de departamentos distintos ou até mesmo entre participantes do próprio grupo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s