Liderança Eficaz

O líder é aquele que conhece o caminho, segue o caminho e mostra o caminho. 

“O Universo recompensa ações, não pensamentos.” [Russell Bishop]

Carlos Ghosn, um brasileiro naturalizado francês, assumiu a presidência da Nissan durante um período de crise e grandes prejuízos. Contrariando a cultura japonesa, anunciou cortes e remodelou a companhia, o que lhe rendeu o título de um dos CEOs mais durões de 2011. Em três anos, a Nissan se tornou a empresa com maior taxa de lucro do setor automobilístico.

A liderança efetivatem como objetivo garantir que a capacidade intelectual do líder se transformem em ações que vão beneficiar a companhia de fato; pois apenas a retórica não traz resultados concretos. Um líder deve controlar seu ego e ter a certeza que suas ações objetivam construir uma capacidade organizacional de longo prazo que vai durar mais que seu mandato.

Além da segurança e empatia, o líder deve formar seu exército através da colaboração e não através da dominação; contudo o atributo principal é ter a capacidade de instigar nas pessoas ao seu redor a capacidade de fazer as coisas acontecerem, e para tal, algumas vezes é necessário colocar a mão na massa.

É responsabilidade do líder, não apenas comunicar sua visão, mas também permitir ao grupo tomar decisões; deliberar ao grupo o processo decisório é entregar-lhes o entendimento das mudanças necessárias e permitir que se tornem capazes de gerenciá-las. Com o crescimento corporativo, o líder enfrentará outros desafios, dentre eles ter uma boa comunicação e empatia para que possa ter a mesma eficiência entre áreas de diversas culturas.

É importante que um líder possua conhecimento técnico na área onde atua, contudo é fácil perceber que este atributo consta dentre os mais dispensáveis de todos; vivemos a era da informação, e o conhecimento coletivo cresce mais rápido que a capacidade de “oráculos individuais”.

Talvez o maior desafio do líder seja o de conseguir a confiança e empatia de seu time. A confiança é importante pois permite engajar as pessoas para que se arrisquem com ímpeto em projetos difíceis, e claro, estejam seguras de que o final só pode ser um resultado de sucesso e grande orgulho. A empatia é a única capaz de trazer à equipe a devida reflexão que os permita entender as cobranças, e a certeza de que os momentos difíceis são àqueles onde o engajamento precisa ser redobrado.

Uma equipe sem uma causa é apenas um aglomerado de pessoas, um líder sem uma causa é apenas uma pessoa para ser rotulada de autoritária.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s