George Ritzer (1940-)

McDonaldização impacta virtualmente todos os aspectos da sociedade.

“Mcdonalds se tornou mais importante que os EUA em si.” [George Ritzer]

“Dentro da Sociologia, teoria é um dos elementos menos propensos a McDonaldização, ainda que tenha sido influenciado em alguns aspectos.” [George Ritzer]

Nascido em Nova Iorque, filho de taxista e mãe secretária, afirmou que sua dedicação ao trabalho e ao estudo sempre fora uma consequência do baixo padrão de vida que teve em sua infância e não queria ver repetir na vida adulta. Se tornou professor da Universidade de Maryland onde é conhecido por sua crítica a atual sociedade de consumo.

Amparado na racionalização descrita por Max Weber, Gerge Ritzer analisou como esta havia ganho escala ainda maior e mais intensas, principalmente nos EUA e Europa. Este processo, denominado McDonaldização da Sociedade, estaria impactando não apenas a racionalização no trabalho, mas em diversos outros aspectos da vida.

Segundo o autor o estilo Mcdonalds se sustentava por cinco componentes principais. A eficiência era a responsável por infringir uma cultura onde todo meio deveria ser padronizado e burocratizado para que o fim seja entregue da forma mais eficiente possível, e isso englobava não apenas o processo de produção, mas também a relação com os consumidores.

A calculabilidade cuidava da quantificação em todas as iterações onde etapas são cronometradas e contadores ajudam a balizar a produtividade numa clara ênfase à quantidade quando comparada a qualidade; enquanto a previsibilidade cuidava em garantir uniformidade e similaridade nas mais diversas etapas do processo, tornando tanto o empregado quanto o consumidor confortável e confiante durante sua interação.

Uma importante engrenagem deste motor consistia no controle, majoritariamente aplicado através de tecnologia e mecanização que dita o ritmo do trabalho e impossibilidade de exceções no consumo. Por fim uma irracionalização que molda trabalhadores via práticas repetitivas e sem espaço para qualquer inovação ou iniciativa criativa, enquanto consumidores formam filas para se alimentar de algo pobre e sem qualidade.

Parafraseando Weber, que afirmara que o processo de racionalização haveria de se autoperpetuar e proliferar tomando conta de todos aspectos da vida, Ritzer mostrou como os componentes da McDonaldização estavam sendo adotados conscientemente em outros setores da economia, incluindo a educação; e também outros aspectos sociais, alertando que apesar de um exemplo de eficiência do modelo econômico moderno, sua expansão permeando toda sociedade acarretaria em grandes prejuízos.

Pode parecer caricato que funcionamos, cotidianamente como empregados ou clientes de uma rede de fast-food, mas analisemos com calma como é a vida de uma pessoa pertencente a classe trabalhadora ou a classe média.

O cotidiano é marcado pelo relógio, pouco provável que um pai ou mãe se atrevam a fazer um caminho diferente do eficiente para deixar os filhos na escola, os almoços são provavelmente os mesmos, nos mesmos horários consumidos nas exatas faixas de tempo. Moram em cidades com milhares ou milhões de pessoas, mas previsivelmente esbarram com as mesmas pessoas no metrô todos os dias.

Calcula o tempo que leva de casa o trabalho, enquanto mede tudo e a todos pela quantidade de bens ou o custo do bem material, sabem de cabeça quanto tempo leva a comida no forno ou micro-ondas enquanto utilizam a tecnologia como extensões pessoais para garantir que tudo o que fazem está seguindo o necessário, do despertador pela manhã aos gadgets inteligentes que medem os aspectos da vida.

Nem mesmo o lazer escapa da McDonaldização, as pessoas treinam em busca da eficiência e perfeição, cronometram seu tempo e limitam horas de entretenimento para si mesmo ou aos filhos mesmo durante os finais de semana. Não se pode esperar outra coisa de uma sociedade como esta que não a estafa, o bloqueio mental, o fim do processo criativo e inovador e por fim atitudes irracionais, assim como já antecipara Weber, a irracionalidade como consequência de uma racionalização extremada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s