Arquimedes (287 a.c. – 212 a.c.)

Um objeto imerso sob a água desloca seu próprio volume em líquido.

“Um corpo imerso sob a água terá seu peso reduzido igual ao peso do volume de água deslocado.” [Arquimedes]

Arquimedes foi um grande matemático; e responsável por diversas invenções, dentre elas a catapulta, o guindaste e o espelho convexo. Também criou o parafuso de arquimedes, leis físicas para o uso de polias e alavancas além de ter determinado que o menor cilindro capaz de guardar uma esfera possuía um volume 1.5 vezes maior que o da mesma.

Continue lendo “Arquimedes (287 a.c. – 212 a.c.)”

Anúncios

Al-Tusi (1201 – 1274)

O Ser Humano possui relação com os Seres Inferiores.

“Os organismos capazes de ganhar novas características existem em maiores variedades. E, portanto, possui vantagens sob outras criaturas.” [Al-Tusi]

Em 550 a.c., Anaximander foi o primeiro a propor que toda a vida se iniciou e evoluiu da água; 250 anos depois Epiricus afirmou que já existiram diversas espécies, mas apenas as de maior sucesso sobrevivem e se reproduzem. Em 1377 Ibn Khaldun afirmou que humanos descenderam dos macacos, teoria que foi reforçada por Lamarck em 1809 e deu suporte a teoria da evolução das espécies de Darwin.

Continue lendo “Al-Tusi (1201 – 1274)”

Eratóstenes (276 a.c. – 194 a.c.)

Medindo a circunferência da Terra.

“Se geografia é a prosa, mapas são a iconografia.” [Eratóstenes]

Eratóstenes nasceu em Cirene na Grécia; foi cientista e diretor bibliotecário da Grande Biblioteca de Alexandria. Fundador da Geografia, estudo da Terra, e criador do primeiro algoritmo para encontrar números primos; tem dentre suas maiores façanhas a descoberta do tamanho da Terra com precisão de 3% através do uso da matemática. Valor que só veio a ser confirmado em 1800 d.c. pelos cientistas franceses e espanhóis.

Continue lendo “Eratóstenes (276 a.c. – 194 a.c.)”

O Começo da Ciência (600 a.c. – 1400)

A segurança alimentar resultante da agricultura aliada a capacidade de escrever foram os pilares que suportaram o nascimento da Ciência.

“Nada é mais ativo que um pensamento, pois este pode cruzar todo o Universo, e nada é mais forte que a necessidade, pois todos se submetem a ela.” [Tales de Mileto]

“A tinta de um estudioso vale mais que o sangue de um mártir.” [Harun al-Rashid]

As raízes da ciência foram fincadas a 6.000 anos atrás, quando sacerdotes sumérios registraram na argila o movimento das estrelas bem como estudos matemáticos sobre a propriedade de triângulos retângulos. Certamente, a curiosidade do Homem por desvendar a natureza vem de um passado ainda mais distante, contudo foi a escrita quem permitiu seu incremento contínuo durante o passar dos anos.

Continue lendo “O Começo da Ciência (600 a.c. – 1400)”