O Começo da Ciência (600 a.c. – 1400)

A segurança alimentar resultante da agricultura aliada a capacidade de escrever foram os pilares que suportaram o nascimento da Ciência.

“Nada é mais ativo que um pensamento, pois este pode cruzar todo o Universo, e nada é mais forte que a necessidade, pois todos se submetem a ela.” [Tales de Mileto]

“A tinta de um estudioso vale mais que o sangue de um mártir.” [Harun al-Rashid]

As raízes da ciência foram fincadas a 6.000 anos atrás, quando sacerdotes sumérios registraram na argila o movimento das estrelas bem como estudos matemáticos sobre a propriedade de triângulos retângulos. Certamente, a curiosidade do Homem por desvendar a natureza vem de um passado ainda mais distante, contudo foi a escrita quem permitiu seu incremento contínuo durante o passar dos anos.

Continue lendo “O Começo da Ciência (600 a.c. – 1400)”

Anúncios