Jane Jacobs (1916-2006)

É preciso ter pessoas nas ruas.

“Nós esperamos demais das grandes construções e muito pouco de nós mesmos.” [Jane Jacobs]

“Não se pode esperar que as pessoas venham para os centros, é necessário colocá-las lá.” [Jane Jacobs]

Escritora e urbanista americana, se mudou para Nova Iorque onde se dedicou a descrever a vida nas cidades e criticar o modelo “top-down” de planejamento urbano. Foi crítica e defensora de um modelo de urbanização centrada na comunidade, o que rendeu uma premiação nacional para projetos de urbanização que leva o seu nome..

Continue lendo “Jane Jacobs (1916-2006)”

Henri Lefebvre (1901-1991)

A Liberdade de remodelar as cidades e nós mesmos.

“A Sociedade precisa mudar! Isto não significa nada sem a criação de um espaço apropriado.” [Henri Lefebvre]

É necessário pressão da camada social mais baixa que confronte o Estado em como os espaços urbanos são organizados.” [Henri Lefebvre]

Nascido na França, estudou filosofia e foi um dos marxistas mais influentes na sociedade francesa, se filiou ao partido Comunista do qual se tornou ferrenho crítico após ser expulso. Foi um proeminente escritos que publicou diversos trabalhos confrontando as autoridades e o poder financeiro tendo influenciado diversas áreas do conhecimento como geografia, política, filosofia e arquitetura.

Continue lendo “Henri Lefebvre (1901-1991)”

Georg Simmel (1858-1918)

Desconhecidos não são concebidos como indivíduos, mas como um determinado tipo de estranho.

“Através da anonimidade… Cada parte adquire uma impiedosa naturalidade” [Georg Simmel]

As metrópoles têm sido o assento da economia baseada em dinheiro.” [Georg Simmel]

Nascido em Berlim em uma família abastada e lecionou em Strasbourg, é um dos pais da sociologia menos conhecido apesar de ter exercido grande influência ao criar uma base de estudo onde ao invés de se estudar a interação humana se observa o que molda seu comportamento.

Continue lendo “Georg Simmel (1858-1918)”

Vida Moderna

A migração em massa para as cidades impactou a forma como nos relacionamos.

“Existem olhos em todos os lugares. Nenhum ponto intacto. No que vamos sonhar quando tudo for monitorado? Que todos sejamos cegos.” [Paul Virilio]

“A cidade atingiu o cume da eficiência, em contrapartida exigiu algo em troca de seus habitantes. Que vivessem uma rotina apertada e restrita a um rigoroso controle científico.” [Isaac Asimov, As Cavernas de Aço]

“Toda urbanização empurrada até um certo ponto se torna sub urbanização… Toda grande cidade possui uma coleção de subúrbios. Seus habitantes não vivem, eles meramente habitam.” [Aldoux Huxley]

Continue lendo “Vida Moderna”